A Contra-ofensiva dos Usuários para os Efeitos da Indústria da Atenção

Atualizado: 17 de Out de 2019

Criado em 2018, o Center for Human Technology faz parte de um grupo crescente de pessoas que passou a lutar pelo uso ético e correto da tecnologia.


Todas as revoluções tecnológicas experimentadas pela humanidade trouxeram benefícios e desafios a serem vencidos. A revolução industrial no fim do séc. XVIII possibilitou a produção em escala, mas também acabou gerando as relações de trabalho exploratórias entre patrões e operários. No séc. XX a revolução da indústria da informação facilitou o acesso ao conhecimento produzido pela humanidade, mas tornou as pessoas mais inseguras e ansiosas. No século XXI, a indústria da atenção criou as redes sociais e a tecnologia móvel que tanto nos beneficiaram com um mundo ágil e hiper conectado, mas estão sendo cada vez mais pressionadas a competir pela nossa atenção. Como efeito colateral vivemos sobre efeito de um creeping normality com algumas características:


Vício Digital


Aplicativos que foram desenhados utilizando-se de técnicas de engenharia reversa da psique humana transformaram nossos dispositivos em pequenas máquinas caça-niqueis, com a mesma concepção no design, por exemplo, das existentes hoje nos cassinos de Las Vegas. A perspectiva de que as pessoas sejam recompensadas com curtidas e com conteúdo de "entretenimento" (imagens e videos) faz com que as pessoas voltem constantemente para obter mais.


Saúde Mental


Houve um aumento nos casos de pessoas (principalmente crianças e adolescentes) que sofrem de déficit de atenção, bullying, distúrbios alimentares, depressão, transtornos de ansiedade entre outros problemas de saúde mental. Estes problemas impactam o desempenho acadêmico e profissional destes indivíduos. O interessante é que existem vítimas tanto entre a audiência quanto entre os geradores de conteúdo digitais. Boa parte do problema está no auto-centramento comumente verificado entre algumas pessoas que dedicam um tempo considerável a este meio.


Saúde Física


Infelizmente genes herdados dos nossos antepassados nos obrigam a estar sempre nos movimentando para nos mantermos saudáveis. Pode ser difícil nos lembrarmos desta necessidade nos dias de hoje. Mais difícil ainda é colocar em prática um programa de atividade física, mesmo que seja uma caminhada diária. Estamos sempre muito ocupados e como é impossível criar mais tempo, as horas que dedicamos olhando para uma tela não conseguimos de volta para correr ou caminhar.


Fake News


Muitas empresas tem priorizado a maximização dos lucros a qualquer custo. Por este motivo, a qualidade da informação e a ética na sua divulgação perderam a importância. Basta um factoide para prender a atenção por alguns segundos, e é isso o que importa. Estas falsas notícias se espalham rapidamente e tem a capacidade de influenciar democracias e o seus processos eleitorais.



Para piorar as coisas, nossa espécie possui um pescoço rígido e mantê-lo nesta posição é uma receita para problemas.

Polarização


O nosso comportamento nas redes sociais amplifica artificialmente nossos traços comportamentais. Isso somado a nossa incapacidade (e as vezes preguiça) de nos expressar bem por escrito, gera indivíduos ignorantes, incapazes de ceder e cooperar, criando uma ilusão de uma sociedade que opera apenas com opiniões polarizadas.


Manipulação Política


É mais muito barato e mais eficiente travar batalhas virtuais com desinformação e ódio gratuito em uma eleição do que realizar uma intervenção militar. Indivíduos confusos e mentalmente perturbados podem ser facilmente manipulados para votarem no candidato A e não no B.


Superficialidade


Quando dedicamos a nossa atenção somente para as telas estamos vivendo de forma superficial. Estamos sendo influenciados por ilusões, mentiras e certamente não estamos alimentando os relacionamentos reais que tanto precisamos para sermos seres humanos saudáveis tanto físico quanto mentalmente.


Muito se fala sobre o momento em que a humanidade irá presenciar a tecnologia superar a capacidade humana. Mas ainda mais preocupante é o momento em que a tecnologia irá sobrecarregar os seres humanos através da exploração das suas vulnerabilidades. Esta incompatibilidade entre a sensibilidade natural humana e o crescimento exponencial da tecnologia abre a porta para a exploração das nossas emoções, pensamentos e ações com fins comerciais.


O grande objetivo do CHT tem sido criar uma conscientização sobre o tema, através de parcerias com diversas ONGs e institutos de pesquisa, além de profissionais e estudiosos de diversas áreas. Com isto, espera-se que através da pressão imposta pela sociedade sobre governo e legisladores, novas leis sejam criadas para regulamentar as práticas e limitar o poder destas empresas.


Não deixe de se registrar gratuitamente no nosso blog clicando no botão "Login/Registre-se"!

© 2020 by Calm Tech ®