Nossos dispositivos merecem mesmo ser chamados de inteligentes?

Atualizado: há 5 dias

Uma breve reflexão sobre o mal (bem) que eles fazem para nós.


Basta fazer uma busca no YouTube e você vai encontrar vários vídeos com pessoas caminhando distraídas ao utilizar seu smartphone que acabam se envolvendo em acidentes.


E este é apenas um dos problemas em que o celular está envolvido. Vejamos:


  • Trata-se de um dispositivo que te interrompe a todo momento com notificações (a sua maioria irrelevantes).

  • Sabe onde você está e o que anda fazendo com ele (e conta para empresas, digamos, com intenções não muito boas).

  • Contém produtos químicos suficientes para causar uma explosão que muito provavelmente irá te ferir.

  • Faz você perder tempo precioso do seu dia (não, sua vida não muda toda vez que você fica sabendo que um youtuber está de férias na Europa)

Mas será que está na hora de abandonarmos estes dispositivos?

Estes dispositivos já foram usados para realizar ligações telefônicas.

Mas nem tudo é obscuro no mundo mobile e não podemos deixar de falar das facilidades. Muitas vezes é melhor enviar mensagem do que telefonar. Ouvir música e assistir a conteúdo interessante. Também é ótimo para pagar as contas do mês sem sair de casa, solicitar um transporte, se orientar através de mapas e quais os seus compromissos para o dia. Também é impactante poder conversar por vídeo com a família e os amigos de qualquer parte de mundo. Isto só para citar o básico. Na verdade, dá para fazer muito mais e existem ótimos aplicativos disponíveis.


Estes dispositivos são ferramentas que, quando utilizadas sem deslumbre - proporcionam facilidades e ótimas oportunidades. Eles são exatamente como qualquer objeto criado pelo homem neste mundo: munidos de defeitos e qualidades. Mesmo que exista um movimento econômico por parte de algumas empresas para manipular o nosso comportamento, nós sempre estivemos no controle. Apenas estamos um pouco esquecidos disso.


Mas nós podemos parar este processo. Se nos conscientizarmos da situação e refletirmos sobre a forma que usamos a tecnologia, podemos tomar as decisões certas em cada situação, transferindo o poder de decisão sobre as nossas vidas destas grandes empresas para nós. Nós temos este direito. Yes, we can!


Os celulares podem até conter tecnologia com alguma forma de inteligência, mas eles não dispõe de consciência própria. Apesar disso, não deixam de ser uma ferramenta tecnológica fantástica, que jamais vai decidir o quanto tempo você deve ficar olhando o feed do Instagram. Esta decisão somente você pode tomar. No final das contas, seu celular é tão útil quando um martelo. Você pode usá-lo para pregar um prego ou para bater no seu dedo. Ou para transformar você em um zumbi digital.

© 2020 by Calm Tech ®